Conheça o Swift (Parte 3): Arrays e Dicionários

Continuando nossa série de artigos sobre o Swift, nova linguagem de programação criada pela Apple, neste post iremos ver como criar Arrays ou Dicionários. É muito fácil.

Caso você ainda não viu os outros posts sobre o assunto, veja no Sumário abaixo os assuntos anteriores já abordados. Se você deseja somente saber um pouco mais sobre o Swift mas não programar nesta linguagem, recomendo que leias o primeiro artigo onde explico o que é o Swift e dou algumas especificações de como ele funciona.

SUMÁRIO

  1. Parte 1. Introdução e Hello World.
  2. Parte 2. Variáveis e Constantes.
  3. Parte 3. Arrays e Dicionários.
  4. Parte 4. Controle de fluxo (if, while, for, do while e for in). Em desenvolvimento.

No post anterior vimos…

Apenas uma breve recapitulação do que vimos no post anterior… Vimos como instanciar variáveis e constantes. Vimos também a respeito da tipação e declaração dessas variáveis. Outro aspecto abordado foi a respeito da junção de variáveis de tipos diferentes. Lembre-se do que foi abordado: embora não necessite-se especificar o tipo de uma variável isso não significa que você possa instanciar posteriormente um valor de tipo diferente nesta variável. Ou seja: se você instanciou na variável A um inteiro, você não poderá instanciar uma String nela mais tarde.

Arrays

Trabalhar com arrays e dicionários no Swift é muito fácil. Para isso você deve usar os colchetes, ou brackets em inglês. Para acessar os elementos da array deve-se escrever o índice ou chave dentro dos colchetes.

Por exemplo:

//Exemplo 1
var listaDeCompras = ["presunto", "queijo", "suco", "bolachas"]
listaDeCompras[1] = "100 gramas de queijo"
//Exempplo 2
var profissoes = ["Josué": "Professor", "Rosana": "Advogada"]
profissoes["William"] = "Programador"

Explicando o código acima:

Na linha 2 declaramos uma array sem índices definidos, somente seus conteúdos. Sendo assim, o índice de “presunto” é 0, o de “queijo” é 1 e assim consecutivamente. Já na linha 3 definimos que a array listaDeCompras receberá, no índice 1 (onde anteriormente estava alocada a palavra queijo), a frase “100 gramas de queijo”, como substituição.

Na linha 5 declaramos uma array associativa, isso é – com índices definidos. Ou seja, para o nome do índice 0 temos “Josué” e para o nome do índice 1 temos “Rosana”. O conteúdo alocado para “José” é “Professor” e para “Rosana” é “Advogada”. Sendo assim, para alocar um valor a um índice usamos os dois pontos (:). E se quisermos adicionar um outro valor a array? Na linha 6 pegamos a array anteriormente definida e colocamos junto a array o índice a ser criado, ou seja “William”. O índice “William” receberá a profissão “Programador”. Muito simples, não é?

E como podemos fazer para criar uma Array ou um Dicionário vazios? Temos que utilizar a sintaxe de inicialização. Veja no exemplo.

let arrayVazia = String[]()
let dicionarioVazio = Dictionary<string, float="">()

Se a informação de um tipo possa ser inferida, você pode declarar uma array vazia com colchetes [] e um dicionário vazio com colchetes e dois pontos [:]. Por exemplo, quando você seta um novo valor para uma variável ou passa um argumento para uma função.

listaDeCompras = []

Gostou? No próximo post falarei sobre controle de fluxo, ou seja, como usar for, for in (mesma coisa que foreach em outras linguagens), if, while e switch. Se gostaram do post curtam aí ou compartilhem. Até a próxima.

CategoriasSem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.